Operação em condomínio termina com sete detidos por tráfico

Quatro maiores de idade e três adolescentes foram identificados na pratica criminosa

 

A Polícia Militar desencadeou uma operação contra o tráfico de drogas no condomínio Novo Horizonte, no Jardim Itamaraty, na noite de anteontem, 27, que culminou com a prisão de quatro pessoas e na apreensão de três menores infratores.

Os flagrantes foram registrados de maneira separada e começaram com informações passadas a corporação de que estava sendo realizada a venda de entorpecentes em uma mata, ao lado do condomínio Novo Horizonte. Foi feito um planejamento e a operação desencadeada. O primeiro endereço visitado foi a rua Waldemar Batista Tavares, próximo da mata, onde foi abordado A.C.P.G., de 19 anos, desocupado, em posse de 18 pedras de crack, R$33,00, um telefone celular e um infrator de 16 anos com uma bucha de maconha dentro de uma mochila.

A PM ainda não tinha deixado o local quando uma nova denúncia informou que havia outro traficante, este, porém, realizava o tráfico junto ao muro do condomínio.

Outra equipe se deslocou para o local, encontrando G.H.B., 24 anos, que ao avistar a aproximação da guarnição policial, saiu correndo pelos fundos do condomínio. Ele foi alcançado e preso.

O autor confessou que tinha uma quantidade de maconha guardada no guarda-roupa de sua casa. Uma viatura se deslocou até o condomínio, juntamente com o suspeito e encontrou uma sacola plástica contendo 44 porções de maconha, prontas para a venda, R$ 17,80, um aparelho de DVD automotivo e um aparelho celular, ambos de procedências duvidosas.

Ainda na mata foram localizados mais suspeitos. Um infrator de 17 anos tentou correr, mas foi localizado em sua casa com 12 pequenos tabletes de maconha, 51 buchas de maconha e um cigarro de maconha.

Mesmo com toda movimentação policial no condomínio alguns infratores pareceram não se incomodar e acabaram detidos algumas horas depois dos primeiros. Segundo os militares nova denúncia chegou ao 190 e uma equipe passou a monitorar a movimentação suspeita de um grupo.

Foi constatado que uma menina de 17 anos era responsável por distribuir as drogas aos comparsas e escondia porções em buracos de um muro.  Já o pedreiro G.F. de 29 anos vendia diretamente aos usuários e no momento da abordagem estava de posse de R$ 95,00. Enquanto o desocupado R.O.R.S., 18 anos, tentou dispensar cinco pedras de crack, e estava com R$127,00.

No muro foram encontrados dois invólucros com crack, somando 51 pedras do entorpecente.

Seja o primeiro a comentar em"Operação em condomínio termina com sete detidos por tráfico"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*